Pular para o conteúdo

preto e branco

Onicofilia

Não é muito difícil perceber que os grandes portais de internet funcionam de forma similar às redes sociais, com seus “trending topics” variando de tempos em tempos. Por exemplo, agora, enquanto escrevemos este texto, o foco é o Carnaval fora de época; daqui a algumas semanas será o Dia das Mães, depois festas juninas, e tudo isso tendo como pano de fundo guerra na Ucrânia, eleições, etc.

Isso também acontece com a forma com que esses portais abordam temas relacionados à putaria e à sexualidade. Nos últimos tempos a bola da vez tem sido os relacionamentos não-monogâmicos e o poliamorismo, especialmente os trisais. O Universa, do UOL, publicou uma matéria em que apresentava uma série de posições sexuais para trisais – mas, apenas para trisais, e não para ménages, como o próprio texto deixava bem claro:

Print do site Universa problematizando o ménage.
Ménage virou pecado agora?
Continue a ler »Onicofilia

Pequenas mudanças

Nos últimos dias chegamos a algumas conclusões sobre este site:

  • temos MUITO material não postado. Há centenas de fotos, algumas muito boas, que nunca foram vistas por ninguém além de nós. Isso é quase um crime.
  • embora gostemos bastante de escrever, nosso tempo tem sido curto, então não estamos conseguindo postar com a frequência que desejamos.
  • chegou a época do ano de renovarmos domínio e hospedagem, e a conta foi um pouquinho mais salgada do que imaginávamos.

Levando tudo isso em consideração, uma das alternativas que avaliamos foi criar um perfil no Onlyfans. Assim, teríamos onde postar nosso conteúdo, e ainda ganharíamos algum $ com isso. Contudo, uma das graças do exibicionismo é ser visto pelo máximo de pessoas possível, e ao cobrar assinaturas estaríamos indo numa direção contrária a essa; além disso, no final das contas o Onlyfans se tornaria um concorrente deste site, e um canibalizaria o outro.

Continue a ler »Pequenas mudanças

O Brasil nos obriga ao hedonismo

Estar na casa dos 35 nos traz, além de problemas de saúde, um certo cinismo, uma visão desiludida sobre o mundo e principalmente sobre os outros. Ainda não vivemos o suficiente para ousar chamar isso de “sabedoria”, mas já vimos o bastante para nos acharmos mais espertos, sensatos e inteligentes do que as gerações mais novas (e não estamos errados). Mas, às vezes, a realidade nos obriga a mudar de opinião.

Imagem em preto e branco de mulher cavalgando segurando os seios
Continue a ler »O Brasil nos obriga ao hedonismo

Como fazer um ménage

Um dos motivos pelos quais temos esse site é poder dialogar livremente com outras pessoas que se interessam por putaria. Este é um assunto bem complicado de se abordar no dia a dia, então tanto esse espaço quanto as nossas outras redes acabam se tornando uma válvula de escape para discussões relacionadas a sexo. De tempos em tempos somos abordados, principalmente via mensagens, por pessoas que exprimem suas dúvidas, seus anseios e seus desejos, e gostamos disso, ficamos felizes em saber que estamos ajudando os outros a sentir mais prazer, de uma forma ou de outra.

Um tema recorrente nessas interações é o ménage, especialmente o feminino. Assim, para reunir em só lugar todas as nossas dicas sobre este assunto, resolvemos escrever este post – que, como o título diz, é um guia sobre como fazer um ménage, baseado em nossas experiências pessoais. Óbvio, não há garantia nenhuma de que aquilo que funcionou conosco irá funcionar também quem nos lê, mas ao menos os interessados terão um ponto de partida, e quem sabe isso os ajudará a escapar de uma furada ou outra.

Mulher de costas segurando o cabelo para cima com as mãos usando sutiã e calcinha pretas
Na realidade, esse texto todo é um grande pretexto para postarmos essas fotos de lingerie.
Continue a ler »Como fazer um ménage

Sexo com maconha – nossas impressões

Somos um casal curioso, mas careta. Estamos na metade da casa dos trinta, e nunca havíamos experimentado nenhum tipo de droga ilegal. A maior parte de nossos amigos e colegas não usa nada (até onde sabemos), e, sempre que nos foi oferecido algo, a resposta foi um “não, obrigado”. Simplesmente não havia o interesse, a curiosidade, em experimentar algo que não pudesse ser comprado legalmente.

Mulher segurando lubrificante à base de maconha com seios nus desfocados ao fundo
Confesse: você está aqui pelos peitos.
Continue a ler »Sexo com maconha – nossas impressões